No início de março, a Vaccinar reuniu seus diretores, gestores corporativos, equipe técnica de nutrição, representantes comerciais e palestrantes conhecidos do mundo corporativo na Convenção de Vendas 2021. Foram dois dias de reflexões, análises de resultados da companhia e do mercado. Neste ano, em função da pandemia, o encontro foi, pela primeira vez, virtual. “Mas nem por isso menos empolgante, tanto que reuniu mais de 270 pessoas de todo o país de forma online”, frisa o diretor de marketing da empresa, Vinicius Santos.

Uma das diversas lições foi dada já no início da convenção pelo CEO da empresa Nelson Lopes. Ele fez questão de destacar a importância dos sonhos e da persistência. “Na minha trajetória como empreendedor, houve momentos em que tudo que eu tinha era um sonho. Os desafios eram gigantes, mas uma coisa eu tinha de sobra: vontade de trabalhar”, destacou. O Diretor de Negócios da Linha de Aves, Aqua e Pet da Vaccinar, Geraldo José Francisco, foi o responsável por contar, com muita emoção, a história de 40 anos da Vaccinar. Ele observou que a Vaccinar tem uma história de sucesso e é preciso olhar para trás que conseguimos entender como a empresa chegou até aqui. ”Para nós, colaboradores e parceiros, é motivo de muito orgulho fazer parte dessa história”, ressalta Geraldo.

Já na palestra Conectado com os Resultados, o Diretor de Negócios da Linha de Suínos, Vasco Bedim, abordou o desempenho de cada linha de produtos da Vaccinar. Ele destacou que os resultados só foram possíveis com ações planejadas e consistentes. O evento também contou com a premiação do time comercial. “A Vaccinar sabe que todo o esforço e dedicação deve ser reconhecido e aplaudido. É por isso que existe esse momento durante a convenção”, destaca Vasco.

Além da história da Vaccinar, o evento abordou as perspectivas. O responsável por falar sobre o futuro da companhia ficou com o Diretor de Negócios da Linha de Ruminantes e Aditivos, Amaury Valinote. De acordo com ele, a empresa tem 20 projetos para 2021, dos quais 11 têm relação direta com tecnologia e satisfação do cliente. “A Vaccinar planeja adquirir ferramentas mais eficientes que permitirão um atendimento que agregue ainda mais valor para o cliente da Vaccinar”, destaca Amaury.

A empresa ainda, por meio das apresentações da Gerente e do Diretor de Marketing da empresa, Carla Tavares e Vinicius Santos, apresentou as pesquisas realizadas com seus clientes e parceiros comerciais, buscando ressaltar pontos importantes para uma atuação ainda mais diferenciada no mercado.  “A Vaccinar é uma empresa muito próxima de seu cliente e sempre está atenta a entender as diferentes realidades no campo. As pesquisas nos ajudam a entender a melhor forma de fazer isso e, é com base nelas, que pautamos nossas ações”, destaca Vinicius.

PALESTRANTES DO MERCADO

Além dos diretores da empresa, a Convenção de Vendas contou com o palestrante Luiz Almeida Marins Filho, mais conhecido como Professor Marins, que falou sobre a importância de as empresas procurarem conhecer mais os seus clientes, no momento intitulado “Conectado com o Cliente”. Autor de vários livros de negócios, professor Marins é antropólogo. Ele também estudou Direito, Ciência Política, Negociação, Planejamento e Marketing em cursos em universidades no Brasil e no exterior. “Não tem mais o tamanho único. Temos que estudar o cliente”, frisa.

Ana Lenat, que tem mais de 20 anos de experiência no agronegócio, com passagens pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e BMJ Consultores Associados, falou sobre as perspectivas para a atividade neste ano. De acordo com ela, o cenário é que insumos usados na alimentação animal, como milho e farelo de soja, se mantenham em patamares altos. Vários fatores contribuem para que isso aconteça, como dólar alto frente ao real e estoques mundiais baixos.  “Além disso, a China continua sendo uma grande demandante de grãos no mundo”, acrescenta.

A Vaccinar é uma empresa que sabe da importância da inovação, por isso, além dos investimentos na área, a companhia convidou um dos mais conceituados especialistas para falar sobre o tema, o palestrante Arthur Igreja, autor do livro “Conveniência é o nome do negócio”. Ele destacou a importância da tecnologia. “No ano passado, a transformação digital saiu dos slides para a vida. Houve um crescimento de 97% nos negócios feitos pelo WhatsApp”, diz. O especialista também destacou a importância do agronegócio. “Quem é o amortecedor em momentos de queda e a mola propulsora em épocas bonança é sempre o agronegócio”, conclui.

A Convenção de Vendas da Vaccinar foi um sucesso! E agora fica a saudade desse grande evento e a expectativa dos resultados das ações planejadas. “2021 já está sendo um ano de ótimos resultados e há muito mais por vir!”, ressalta Nelson.

Preencha os dados abaixo e anexe seu currículo